Ministério Público

Pirata Rui Pinto acusado de tentativa de extorsão

Pirata Rui Pinto acusado de tentativa de extorsão

Rui Pinto, o hacker suspeito de tentativa de extorsão à Doyen Sports, acaba de ser acusado pelo Ministério Público.

O pirata informático, também suspeito de ter pirateado o Benfica e de estar por trás das denúncias do Football Leaks, vai responder, para já, unicamente pelo caso Doyen. Assim, mantém-se em prisão preventiva, na cadeia da Polícia Judiciária de Lisboa, onde foi notificado esta quinta-feira.

A par de Rui Pinto foi também acusado Aníbal Pinto, advogado que intermediou as conversações com vista ao pedido de uma verba de cerca de 500 mil euros (depois reduzida para 300 mil) em troca da não divulgação de informação comprometedora para aquele fundo. O jurista vai responder por coautoria de crime de extorsão, na forma tentada.