Crime

Piratas informáticos cessaram ataques à Câmara de Vila Verde

Piratas informáticos cessaram ataques à Câmara de Vila Verde

Os ataques informáticos ocorridos na semana passada à Câmara Municipal de Vila Verde e que quase paralisaram a atividade dos vereadores cessaram na última sexta-feira, após o JN ter noticiado o caso.

Fonte camarária disse que num só dia foram realizadas 90 mil tentativas de intrusão num dos e-mails do município, o que poderá demonstrar o profissionalismo dos "hackers" (piratas informáticos).

As tentativas de intrusão informática, que visaram os e-mails de vereadores, adjuntos e assessores, foram participadas à Polícia Judiciária de Braga, com indicação dos respetivos endereços eletrónicos (ip's) dos "invasores".

Conforme o JN noticiou, as tentativas piratas de entrada têm como efeito imediato o de impedir os visados de trabalhar: "Há uma intrusão nos e-mails, o sistema desliga-se e quando é novamente ligado volta a suceder o mesmo, a tentativa de entrada repete-se, deitando abaixo os equipamentos", explicou a mesma fonte, frisando que, deste modo, não se pode aceder a emails, nem mesmo operar com os computadores.

Ao que o JN sabe, a PJ investiga também uma outra manobra de pirataria informática, que visou, há cerca de um mês, o site da Câmara Municipal, e que se estendeu aos sites de várias outras autarquias nortenhas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG