Crime

PJ desfaz grupo violento que fazia carjackings e assaltos em Gaia

PJ desfaz grupo violento que fazia carjackings e assaltos em Gaia

A Polícia Judiciária do Porto deteve três indivíduos com idades entre os 21 e os 25 anos, suspeitos de terem, nas últimas semanas, roubados viaturas pelo método de carjacking assim como um distribuidor de tabaco e uma ourivesaria. Vão esta terça-feira a tribunal.

Os indivíduos, qualificados como muito violentos, perpetraram quatro assaltos à mão armada entre o dia 25 de novembro e o passado 7 de dezembro.

"No período em questão, os três suspeitos ora detidos praticaram dois roubos de veículos automóveis, durante a madrugada, que foram utilizados para o assalto a uma viatura de transporte e distribuição de tabaco e um estabelecimento de ourivesaria, ambos ocorridos na comarca de Gaia", precisa a Polícia Judiciária, que deteve o trio em colaboração com a PSP.

Um dos veículos subtraído foi incendiado, com consequente destruição total, após ter sido utilizado num dos roubos. O segundo carro roubado por carjacking foi recuperado.

Segunda-feira, foram efetuadas nove buscas domiciliárias, nas residências utilizadas pelos suspeitos e familiares, obtendo-se matéria probatória relevante da sua compartição nos factos em investigação, designadamente a recuperação de objetos, bens e valores provenientes dos roubos efetuados à viatura de transporte e distribuição de tabaco e ao estabelecimento de ourivesaria, acrescenta a PJ.

Os três detidos faziam parte de um grupo de seis, responsável por duas dezenas de roubos. Três operacionais do grupo já tinham sido detidos no verão deste ano, após um assalto a um taxista e um estudante.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG