Torres Vedras

PJ deteve suspeito de violar duas mulheres "com extrema violência"

PJ deteve suspeito de violar duas mulheres "com extrema violência"

A Polícia Judiciária deteve um homem pela "prática de crimes graves e especialmente violentos". O suspeito terá violado duas mulheres, uma das quais foi atirada a um poço depois de abusada.

Os crimes graves elencados, vitimaram duas mulheres, ambas com 33 anos" e foram praticados nos dias 4 e 13 de agosto, na região de Torres Vedras, "tendo sido executados de forma extremamente violenta", revelou a Polícia Judiciária, em comunicado. "Numa das situações, após a violação, a vítima foi atirada a um poço, sendo ainda apedrejada pelo arguido", acrescenta a PJ.

O homem, de 32 anos, é suspeito, além dos dois crimes de violação, de outros crimes, como "homicídio na forma tentada, rapto, roubo e coação na forma tentada, bem como condução de veículo automóvel sem habilitação legal", adiantou a PJ.

PUB

A investigação desenvolvida contou com a colaboração da GNR de Torres Vedras e com a intervenção do Laboratório de Polícia Científica, na recolha de vestígios e na realização de retrato robô do suspeito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG