Crime

PJ deteve pai e e filho que esfaquearam homem em Ovar

PJ deteve pai e e filho que esfaquearam homem em Ovar

Desavenças antigas na origem do crime. Vítima está internada no Hospital de Santa Maria da Feira.

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve os dois indivíduos, pai e filho, que na tarde do passado sábado esfaquearam um homem, de 49 anos, no centro de Ovar. Os suspeitos, de 55 e 28 anos, "envolveram-se em confronto físico com um homem, conhecido de ambos, que se encontrava acompanhado da esposa, agredindo-se a soco e a pontapé", refere esta quinta-feira a PJ em comunicado.

No decorrer da luta, "o indivíduo mais novo empunhou uma faca de amanhar peixe, com razoáveis dimensões, que ocultava no carro em que se transportava com o pai, tendo atingido o corpo do opositor com vários golpes, um dos quais desferido ao nível da região abdominal", refere a polícia.

Da agressão "resultaram ferimentos graves na vítima, causando-lhe lesões que lhe puseram em perigo a vida e que obrigaram a assistência médica hospitalar de urgência".

Segundo apurou o JN, a vítima encontra-se internada no Hospital de Santa Maria da Feira.

Os agressores, conta a PJ, "fugiram do local deixando a vítima a esvair-se em sangue, valendo-lhe a ajuda prestada pela esposa e pelo filho, bem como a rápida intervenção dos meios de socorro médico".

Pai e filho foram detidos na terça-feira e levados na manhã desta quinta-feira ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Aveiro, para interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva. Estão indiciados pelo crime de homicídio, em coautoria na forma tentada.

PUB

O agressor mais velho é comerciante de peixe e tem cadastro por outros crimes relacionados com agressões, segundo apurou o JN. O mais novo não tem profissão definida. Na origem das agressões estarão "desavenças antigas entre vizinhos", segundo fonte da PJ.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG