O Jogo ao Vivo

Operação Miríade

PJ e PJM fizeram primeiros controlos de aviões em março de 2020, diz Chefe do Estado-Maior

PJ e PJM fizeram primeiros controlos de aviões em março de 2020, diz Chefe do Estado-Maior

O Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas revelou, esta sexta-feira, que a Polícia Judiciária e a Polícia Judiciária Militar fizeram os primeiros controlos de aviões em Figo Maduro em março de 2020, após as suspeitas de tráfico por militares.

O almirante António Silva Ribeiro respondia a uma pergunta do deputado centrista Telmo Correia na Comissão de Defesa Nacional, no parlamento, sobre a fiscalização feita aos aviões militares.

O CEMGFA adiantou que o primeiro "envolvimento da Polícia Judiciária e da Polícia Judiciária Militar nos controlos em Figo Maduro [aeródromo]" foi feito "a 05 de março [de 2020], quando houve um voo de reabastecimento da Força Nacional Destacada" e depois num "voo de retração a 12 de março".

PUB

De acordo com o chefe militar, depois de conhecidas as suspeitas de tráfico de diamantes por militares em missão na República Centro Africana, o "trabalho próximo" com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), a Autoridade Tributária, com a Polícia Judiciária e a Polícia Judiciária Militar "intensificou-se com a partilha de informação", a partir de janeiro de 2020.

Respondendo a uma outra questão, o CEMGFA disse também que na quinta-feira "já foi realizada uma reunião coordenada pelo EMGFA" para reanalisar "aquilo que poderá ser eventualmente a sofisticação de uma eventual rede" e para se ponderar se é necessário "rever alguns dos procedimentos" de controlo implementados a partir das duas denúncias, de janeiro e fevereiro de 2020.

"Desde os factos iniciais, daqueles do dia 02 de janeiro de 2020 e 13 de fevereiro, nunca mais as nossas forças tiveram qualquer denúncia relativa a comportamentos inapropriados de militares no teatro da República-Centro Africana ou em qualquer outro teatro", garantiu ainda o CEMGFA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG