Porto

PJ investiga desvio de dinheiro da Faculdade de Medicina Dentária

PJ investiga desvio de dinheiro da Faculdade de Medicina Dentária

A Polícia Judiciária do Porto está a investigar a Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto.

Sob suspeita está o misterioso desaparecimento de avultadas quantias provenientes de uma clínica aberta à população. E em causa está ainda a contabilidade desde o ano de 2010, pois a Faculdade soma resultados negativos acumulados que ascendem a 1,6 milhões de euros - as piores contas da UP.

O desvio de dinheiro da clínica daquele estabelecimento de ensino foi conhecido no ano passado. Pouco tempo após a tomada de posse da nova direção, foi oficialmente reportado o desaparecimento de 77 mil euros em dinheiro vivo, que estariam "guardados" numa secretária da secção de contabilidade, confiados a uma concreta funcionária. Após a hora de almoço de determinado dia de abril do ano passado, foi denunciado um furto daquele montante que, supostamente, estaria para ser depositado no banco.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG