Premium

PJ no encalço de cúmplices na morte de rapper Mota Jr

PJ no encalço de cúmplices na morte de rapper Mota Jr

Segundo suspeito do homicídio do rapper Mota Jr terá também fugido para Inglaterra e há outro que continua a monte.

Edy Barreiros, um dos suspeitos da morte do rapper Mota Jr, está desde quarta-feira a ser interrogado por um juiz de instrução. A inquirição foi interrompida e continua esta quinta, dia em que será conhecida a medida de coação. Edy foi detido anteontem, ao regressar a Portugal, no aeroporto Francisco Sá Carneiro. Era procurado por mandado de detenção europeu e está indiciado pelos crimes de homicídio, sequestro e roubo.

Outras Notícias