Premium

Pobres compram Ferrari e McLaren na Alemanha

Pobres compram Ferrari e McLaren na Alemanha

A Operação Elite, desencadeada esta semana pela Autoridade Tributária em três stands de Aveiro e Águeda, por suspeitas de fraude fiscal de mais de oito milhões de euros, envolve empresas-fantasma geridas por indigentes sem bens, que foram usadas para não pagar impostos.

Nos últimos cinco anos, estas empresas fictícias compraram na Alemanha "bombas" da Ferrari, McLaren, Tesla, Jaguar e Mercedes para vender em Portugal sem pagar IVA.

Um total de 107 viaturas de alta gama foram apreendidas, quinta-feira, pelo Fisco na sequência de 11 mandados de busca em Aveiro, Águeda e Ílhavo. Foram constituídos 12 arguidos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG