Crime

Polícia esfaqueado ao recuperar ouro furtado no Porto

Polícia esfaqueado ao recuperar ouro furtado no Porto

Um agente da PSP foi esfaqueado pelo condutor de uma carrinha mal estacionada na Via Panorâmica, no Porto. A Polícia percebeu depois que o homem estava na posse de milhares de peças em ouro e prata furtadas no dia de Natal, numa ourivesaria de Valongo.

Foi pouco antes das 13 horas de ontem que dois agentes da PSP estranharam a presença de uma carrinha Mercedes Vito encostada na Via Panorâmica Edgar Cardoso. Mal abordaram o condutor, que demonstrava muito nervosismo, este sacou de uma navalha e atingiu um dos polícias numa mão. O outro agente também foi agredido e sofreu pequenos cortes. Ainda assim, conseguiram entre os dois manietar o condutor.

Só ao abrir a carrinha para ver o que estava no interior é que os dois agentes perceberam que a agressividade do condutor não se devia apenas ao mau estacionamento.

No interior do veículo encontraram dezenas de caixas com peças em ouro e prata. Eram fios, anéis, pulseiras, para além de dezenas de relógios de marca. Os polícias também apreenderam algum dinheiro que o indivíduo terá conseguido ao vender algumas das peças roubadas.

O suspeito foi levado ao posto da PSP, mas manteve-se em silêncio, sem explicar a proveniência do ouro. Só depois de algumas diligências é que a Polícia conseguiu estabelecer que as peças seriam provenientes de um assalto levado a cabo no dia de Natal, na ourivesaria Glamour Jóias, situada nas galerias comerciais do hipermercado E. Leclerc, em Valongo.

Ao final da tarde de ontem, os proprietários, que já tinham sido informados da apreensão feita no Porto, ainda estavam a fazer contas aos prejuízos. "Já sabemos que recuperaram algumas peças, mas não está lá tudo. Falta muita coisa. Não temos seguro e não é a primeira vez que somos assaltados", lamentava-se a comerciante.

Tudo indica que os ladrões assaltaram a ourivesaria no dia de Natal, quando as galerias estavam encerradas. Os indivíduos desligaram o sistema de videovigilância e limparam tudo o que puderam da loja. Para já, os donos estimam que os ladrões tenham levado cerca de 50 mil euros em joias. Não se sabe ainda quanto foi recuperado.

Outras Notícias