Vila Real

Polícia investiga casa em Sabrosa onde "Piloto" terá pernoitado

Polícia investiga casa em Sabrosa onde "Piloto" terá pernoitado

A Polícia investiga a possibilidade de Pedro Dias ter estado escondido numa casa em Paços, no concelho de Sabrosa, em Vila Real.

Segundo apurou o JN, tanto a GNR como a Polícia Judiciária estão no terreno para averiguar se uma casa cuja porta foi arrombada terá servido de abrigo a Pedro Dias, suspeito de matar duas pessoas, um GNR e um civil, em Aguiar da Beira, a 11 de outubro.

A porta da casa foi arrombada e há sinais de que alguém fez uso da habitação, que está desabitada. Apurou o JN, havia vestígios de sangue numa mesa e sinais de que foi confecionada uma refeição recentemente.

Dada a proximidade da casa ao local onde Pedro Dias, conhecido como "Piloto", foi visto pela última vez, na zona de Vila Real, as autoridades não colocam a de parte a possibilidade de a casa ter servido de abrigo ao suspeito dos crimes de Aguiar da Beira.

Pedro Dias, de 44 anos encontra-se a monte há 12 dias, desde 11 de outubro, data em que terá matado duas pessoas, um GNR e civil, e ferido outras duas a tiro, em Aguiar da Beira, distrito da Guarda.

Depois disso fugiu e há relatos de ter sido visto ou deixado indícios da sua presença em São Pedro do Sul, distrito de Viseu, e em Arouca, distrito de Aveiro, onde atacou uma mulher e um homem e fugiu no carro do homem.

PUB

No domingo, cruzou-se com a patrulha da GNR, na zona industrial de Vila Real, e as autoridades perderam-lhe o rasto em Constantim.

Segunda-feira foi encontrada a viatura roubada em Arouca, na aldeia de Carro Queimado, e, na terça-feira, duas pessoas disseram ter visto o suspeito na localidade vizinha de Assento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG