Algarve

Embarcação com 11 imigrantes ilegais detetada em Olhão

Embarcação com 11 imigrantes ilegais detetada em Olhão

A Polícia Marítima detetou, esta quarta-feira de madrugada, uma embarcação com 11 imigrantes ilegais junto a Olhão. Têm entre 21 e 30 anos e alegaram ser de origem marroquina.

Segundo disse à agência Lusa o comandante André Morais, da Polícia Marítima de Olhão, distrito de Faro, a embarcação de madeira foi detetada cerca das 4.30 horas e a bordo estavam 11 homens, com idades compreendidas entre os 21 e os 30 anos, que alegaram ser de origem marroquina.

"Foram levados para o comando da Polícia Marítima de Olhão para tentativa de identificação" e entregues ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) pelas 8.40 horas.

Fonte deste organismo indicou que os 11 homens falam "muito pouco francês",não têm documentos e serão ainda hoje ouvidos por um intérprete do SEF.

O comandante do porto de Olhão explicou que três homens foram encaminhados para o Hospital de Faro "para despistar eventuais problemas de saúde", pois apresentavam dores abdominais.

Um dos homens tinha ainda um traumatismo numa perna, que pode ter resultado de alguma queda durante a viagem, adiantou a fonte.

Cerca das 10.15 horas, os três homens receberem alta das equipas médicas que os observaram, pois não tinham ferimentos graves e nenhum inspirava cuidados, segundo fonte hospitalar.

Este é o segundo caso registado em Portugal. Em dezembro, oito jovens de nacionalidade marroquina foram intercetados pela Polícia Marítima numa praia em Monte Gordo, no Algarve.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG