Violência

Policias agredidos em Coimbra quando tentavam dispersar grupo

Policias agredidos em Coimbra quando tentavam dispersar grupo

Dois agentes da PSP foram agredidos por dois homens, com 26 e 27 anos, esta quarta-feira de madrugada, em Coimbra, quando tentavam dispersar um grupo com cerca de 20 pessoas, que se encontravam a ouvir música e a consumir bebidas alcoólicas no Jardim da Sereia. Os polícias foram alvo do arremesso de pedras e de garrafas.

A violência estalou, cerca da 1.30 horas, no Jardim da Sereia, no decorrer de um policiamento de prevenção, motivado por várias denúncias da prática de crimes no interior e imediações daquele espaço, sobretudo nas imediações da Casa de Chá.

Os polícias detetaram um grupo de cerca de 20 indivíduos que ali se encontravam com uma coluna de som a produzir bastante ruído e a beberem bebidas alcoólicas.

"Abordados e alertados para a sua conduta, a maioria dispersou e alguns arremessaram pedras e garrafas na direção dos agentes, enquanto os detidos rodearam os polícias com uma atitude intimidatória e ameaçadora", afirma a PSP.

Quando lhes foi pedida a identificação, um dos indivíduos deu um soco na cara de um dos agentes, atirando-o ao chão. Foi-lhe dada voz de detenção, mas o o amigo foi em seu auxílio para evitar a detenção e empurrou o outro agente.

Foram detidos, mas, refere a Polícia, "ofereceram bastante resistência à detenção".

Um dos agentes teve de receber tratamento hospitalar, pois tinha um corte no nariz e uma luxação num braço, enquanto o colega, que havia levado o murro, prescindiu de receber assistência médica.

PUB

Os detidos foram notificados para comparecerem em Tribunal e a PSP continua a efetuar diligências no sentido de identificar os restantes indivíduos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG