Europa

Portugal colaborou em apreensão de 1534 armas transformadas

Portugal colaborou em apreensão de 1534 armas transformadas

Um total de 1 534 armas de fogo ilegais foram apreendidas numa operação coordenada pela Europol e liderada pela Polícia Nacional Romena, e na qual participaram autoridade portuguesas. São armas de alarme e de sinalização, que eram transformadas para disparar munições reais.

A Europol sublinha, em comunicado, que "estas armas se tornaram as preferidas dos criminosos, uma vez que podem ser facilmente convertidas para disparar munições reais". "Acredita-se que uma dessas armas tenha sido utilizada para matar um repórter criminal holandês [Peter R. de Vries] em Amesterdão em julho de 2021", refere a Europol.

A operação, conhecida como Conversus, decorreu entre os dias 13 e 17 de dezembro de 2021 em 24 países europeus, tendo sido liderada pela Polícia Nacional Romena (Poliția Română) no âmbito da Plataforma Multidisciplinar Europeia contra as Ameaças Criminais (EMPACT).

Foram realizadas mais de 260 buscas domiciliárias, apreendidas 1 534 armas, 17.464 munições e 6550 quilos de material pirotécnico.

Turquia travou exportações

Até recentemente, a maior parte deste tipo de armas apreendida na Europa eram importadas da Turquia, mas as autoridades turcas alteraram a sua legislação para fazer face a esta ameaça.

Passaram a ser adquiridas legalmente em países da União Europeia por um preço baixo, "antes de serem ilegalmente traficadas para outros países onde é necessária uma licença para adquirir, importar e possuir uma arma de fogo deste tipo".

PUB

A operação Conversus estava a ser preparada desde o início de 2021, começando por identificar os compradores e negociantes envolvidos neste comércio ilegal. A Polícia Nacional Romena, juntamente com os seus homólogos búlgaros e do Norte da Macedónia, recolheram dados sobre os vendedores, que foram depois analisados pela Europol para identificar compradores e transações suspeitas.

Participaram nesta ação autoridades da Roménia, Bulgária, Bélgica, Portugal, Chipre, República Checa, Alemanha, Dinamarca, Estónia, Grécia, Espanha, França, Finlândia, Croácia, Hungria, Lituânia, Luxemburgo, Letónia, Países Baixos, Polónia, Suécia, Albânia, Bósnia-Herzegovina, Suíça, Noruega, Montenegro, Macedónia do Norte, Sérvia, Ucrânia e Kosovo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG