"Afrodite"

Portugal entre 21 países onde Europol apreendeu 28 milhões de produtos falsos

Portugal entre 21 países onde Europol apreendeu 28 milhões de produtos falsos

Uma operação da Europol em 21 países, incluindo Portugal, levou à apreensão de 28 milhões de produtos contrafeitos, incluindo 27 milhões de máscaras cirúrgicas. Dez pessoas foram detidas na Grécia e outras 37 identificadas na Grécia, Itália e Portugal.

A operação "Afrodite" durou oito meses e teve por alvo o comércio ilegal de produtos contrafeitos, sob coordenação de Itália e Irlanda, informa a Europol, esta sexta-feira, em comunicado.

Entre dezembro de 2019 e julho de 2020, foram investigadas vendas online de uma grande variedade de produtos contrafeitos, levando à realização de buscas domiciliárias, em lojas e armazéns na Bélgica, Chipre, Grécia, Irlanda, Itália, Portugal, Roménia e Espanha.

A investigação permitiu identificar 123 contas de redes sociais e 36 sites que faziam este tipo de vendas e apreender perto de 28 milhões de produtos e 700 mil euros em dinheiro. Dez pessoas foram detidas na Grécia e outras 37 foram identificadas na Grécia, Itália e Portugal.

Entre o material apreendido estão 800 mil peças de roupa, vestuário desportivo, calçado desportivo, acessórios pessoais e brinquedos.

Na sequência da covid-19, as autoridades direcionaram a investigação também para produtos relacionados com a pandemia, o que permitiu detetar equipamento médico falsificado e não compatível, nomeadamente, 27 milhões de máscaras cirúrgicas em Itália.

A Europol refere que as plataformas digitais, como sites, redes sociais e serviços de mensagens instantâneas, são meios usados por grupos criminosos para vender produtos falsificados que podem ser prejudiciais. Vendedores ilegais publicitam os produtos contrafeitos com imagens e preços nas redes sociais e costumam recorrer a links escondidos para redirecionar os utilizadores para mercados externos à União Europeia.

PUB

Os criminosos sugerem aos comparadores que paguem com cartões pré-pagos, por transferência ou outras formas de pagamento online e os produtos são enviados através de serviços de entrega legais dos respetivos países.

No total, participaram na operação 21 países: Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, República Checa, Dinamarca, França, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Lituânia, Malta, Moldávia, Holanda, Portugal, Roménia, Espanha, Ucrânia e Reino Unido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG