O Jogo ao Vivo

Tribunal

Preventiva para burlão dos créditos automóveis milionários

Preventiva para burlão dos créditos automóveis milionários

Um dos seis indivíduos, detidos pela Polícia Judiciária do Porto por terem sacado cerca de dois milhões de euros a financeiras com créditos automóveis fraudulentos, ficou em prisão preventiva. O Tribunal de Instrução Criminal do Porto decretou a apresentação semanal como medida de coação aos restantes cinco indivíduos.

O grupo é suspeito de ter montado um esquema de burla com crédito automóvel. Com documentos falsos, usavam testas de ferro para adquirir carros em stands e concessionários oficiais. Os veículos seguiam para o estrangeiro, onde eram legalizados e vendidos a terceiros. Ao todo, o grupo terá, desde 2018, lucrado cerca de dois milhões de euros com a venda de cerca de 100 veículos.

Os indivíduos, cinco homens e uma mulher, com idades entre os 20 e os 52 anos, são todos residentes no Grande Porto e com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crimes, mas também por outros.

PUB

Para enganar as financeiras, usavam sem-abrigo, a quem davam dinheiro para assumir o crédito junto das financeiras. Falsificavam declarações de IRS ou de rendimentos que eram apresentados pelos indigentes nos stands ou nos concessionários de grandes marcas de automóveis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG