O Jogo ao Vivo

GNR

Preventiva para homem que destruiu a pulseira eletrónica em Vila Flor

Preventiva para homem que destruiu a pulseira eletrónica em Vila Flor

A GNR de Vila Flor deteve, no domingo, um homem de 36 anos, em Samões, naquele concelho do distrito de Bragança, depois de ter destruído a pulseira eletrónica que garantia o cumprimento da medida de coação a que estava sujeito desde março de 2020.

Em comunicado, o Comando Territorial de Bragança revela que a GNR de Vila Flor recebeu uma denúncia dos serviços prisionais a dar conta que um arguido em processo criminal de violência doméstica, e sujeito a uma medida e coação de afastamento da vitima a mais de 300 metros, tinha destruído a pulseira eletrónica. "De imediato se deslocou uma patrulha junto deste tendo procedido à sua detenção, estando o mesmo com discurso muito alterado e nervoso", refere a nota.

O detido foi submetido, na tarde desta segunda-feira, a primeiro interrogatório perante a Juiz de Instrução Criminal de Vila Flor, "tendo-lhe sido alterada a medida de coação para prisão preventiva", acrescenta o comunicado da GNR.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG