GNR

Preventiva para três dos 10 detidos por tráfico de droga em Palmela, Barreiro e Moita

Preventiva para três dos 10 detidos por tráfico de droga em Palmela, Barreiro e Moita

Três das 10 pessoas detidas, na terça-feira, nos concelhos de Palmela, Barreiro e Moita (distrito de Setúbal) por tráfico de estupefacientes ficaram em prisão preventiva, anunciou, esta sexta-feira, a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Dez pessoas entre os 21 e os 41 anos tinham sido detidas pela GNR no âmbito de uma investigação sobre tráfico de droga que decorria há cerca de oito meses.

Após serem presentes no Tribunal Judicial de Setúbal para aplicação de medidas de coação, quatro dos detidos ficaram sujeitos a apresentações bissemanais às autoridades e proibição de contacto entre si, e outros três ficaram sujeitos à medida de prisão preventiva, a mais gravosa.

PUB

Numa nota de imprensa, a GNR explicou que os militares do Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal de Palmela, deram cumprimento a sete mandados de detenção e a 26 mandados de busca - 13 relativas a domicílios e 13 em veículos, garagem e estabelecimento.

Durante a operação foram apreendidas 2599 doses de haxixe, 269 doses de cocaína, 4500 euros em numerário, cinco viaturas, uma caçadeira de calibre 12, uma catana, três facas, sete telemóveis, material de corte de estupefaciente, várias balanças de precisão e diversas munições de diferentes calibres.

A ação contou com o reforço de militares da estrutura de Investigação Criminal dos Comandos Territoriais de Setúbal e Lisboa, de militares e equipas cinotécnicas do Destacamento de Intervenção de Setúbal, do Grupo de Intervenção Cinotécnica, do Grupo de Intervenção de Operações Especiais e do Grupo de Intervenção e Ordem Pública da Unidade de Intervenção, com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG