Segurança

Prisão preventiva para autor de esfaqueamento à porta de discoteca em Setúbal

Prisão preventiva para autor de esfaqueamento à porta de discoteca em Setúbal

O autor do esfaqueamento à traição de um homem que esperava para entrar numa discoteca em Setúbal na madrugada de Halloween vai aguardar pelo julgamento em prisão preventiva.

A vítima, de nacionalidade brasileira com 29 anos, foi atingida no peito com uma faca de cozinha de grandes dimensões e sobreviveu graças à assistência médica prestada.

Conseguiu percorrer cerca de 50 metros até à Avenida Luísa Todi, onde foi assistido pela equipa da VMER do Hospital de São Bernardo e pelos bombeiros voluntários de Setúbal que o transportaram ao Hospital Santa Maria, em Lisboa.

O crime ocorreu às 5.45 horas da madrugada do passado dia um e o suspeito pôs-se em fuga, mas foi intercetado pela PSP.

Ao local acorreram elementos da Brigada de Investigação Criminal da PSP que, após recolherem testemunhos que permitissem identificar o suspeito, partiram no seu encalce. O agressor, português com cerca de 30 anos, tinha fugido rumo à Avenida Luísa Todi e foi intercetado pelos agentes da investigação criminal, com o auxílio da Brigada de Intervenção Rápida, numa rua na baixa setubalense. A arma tinha sido deixada no caminho e foi apreendida pelas autoridades.

O suspeito foi entregue pela PSP à Polícia Judiciária de Setúbal, que apresentou esta terça feira o suspeito, indiciado por homicídio qualificado na forma tentada ao Tribunal. O Juiz de Instrução Criminal decretou a medida de coação mais gravosa, prisão preventiva.

Outras Notícias