Sesimbra

Prisão preventiva para homem que matou irmã à pancada

Prisão preventiva para homem que matou irmã à pancada

Um homem de 61 anos que matou na sexta-feira a irmã de 62 anos à pancada dentro de casa na Quinta do Conde, em Sesimbra, viu o tribunal de Setúbal aplicar a medida de coação mais pesada, prisão preventiva.

O suspeito de homicídio qualificado, apurou o JN, será transferido para o Estabelecimento Prisional de Caxias, onde será submetido a exames periciais médicos e tratamento.

O crime ocorreu na tarde de sexta-feira na Rua José Relvas. O homem vivia há quatro anos na casa da irmã, cunhado e sobrinha na Quinta do Conde e recebeu um ultimato para sair de casa, já que desde 2016 que não trabalhava.

Perante o ultimato, a vítima foi esmurrada e pontapeada na cabeça, ficando irreconhecível. Depois foi asfixiada até à morte pelo homem que se colocou depois em fuga. Foi o marido da vítima que deu o alerta às autoridades pelas 18.30 horas.

Pelas 21 horas, o suspeito passou de carro pelo local e foi identificado pelas autoridades que o tinham já referenciado. Foi detido pela PJ a cerca de um quilómetro.

Outras Notícias