Santiago do Cacém

Prisão preventiva para homem que tentou atropelar ex-companheira 

Prisão preventiva para homem que tentou atropelar ex-companheira 

O Tribunal de Setúbal colocou em prisão preventiva um homem de 58 anos que tentou atropelar a ex-companheira em Santiago do Cacém depois de oito anos de perseguições e comportamentos violentos por não aceitar o fim da relação.

A detenção foi realizada pela GNR de Santiago do Cacém no âmbito de uma investigação por violência doméstica.

Agressor e vítima mantiveram uma relação ao longo de 24 anos, mas a mulher decidiu separar-se há oito anos. Não aceitando o fim da relação e movido por ciúmes, o suspeito passou a perseguir a vítima, controlando os seus movimentos. Os comportamentos agressivos e obsessivos do homem escalaram, culminando na tentativa de atropelamento da ex-companheira.

O suspeito foi detido pela GNR no sábado e foi presente ao Tribunal de Setúbal, que decidiu pela medida de coação mais gravosa, prisão preventiva. Está indiciado do crime de violência doméstica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG