Justiça

Prisão preventiva para quatro suspeitos de espancarem e matarem homem em Borba

Prisão preventiva para quatro suspeitos de espancarem e matarem homem em Borba

O Tribunal Judicial de Évora decretou, esta quinta-feira, a prisão preventiva dos quatro suspeitos de coautoria do homicídio de um homem, em Borba (Évora), em fevereiro do ano passado, revelou à agência Lusa fonte policial.

Os suspeitos são três homens, de 31, 32 e 34 anos, encaminhados para o Estabelecimento Prisional de Beja, e uma mulher, de 20 anos, que vai aguardar o desenrolar do processo no Estabelecimento Prisional de Tires (Lisboa), indicou fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Segundo a mesma fonte, os quatro são suspeitos, em coautoria, do homicídio de um homem, de 54 anos, ocorrido no dia 16 de fevereiro de 2021, em Borba.

PUB

As primeiras três detenções, da mulher e de dois dos homens, foram divulgadas pela PJ, na quarta-feira, em comunicado, mas, posteriormente, fruto de outras diligências policiais, foi detido o outro homem, disse a fonte policial.

Dois dos homens foram detidos em Vila Viçosa (Évora) e outro na zona de Almada (Setúbal), enquanto a mulher foi detida na zona de Aveiro, precisou.

Os quatro foram presentes ao Tribunal Judicial de Évora para primeiro interrogatório judicial, na quarta-feira e também hoje, acrescentou a fonte da PJ.

Os suspeitos, desempregados e com antecedentes criminais. terão participado no homicídio do homem, de acordo com a fonte policial, que revelou que o crime estará relacionado com negócios ligados ao tráfico de droga.

Segundo a mesma fonte, a vítima foi espancada e o corpo foi encontrado no interior de uma habitação situada na Rua Tomaz D'el Negro, naquela cidade alentejana.

Os suspeitos foram detidos através da Unidade Local de Investigação Criminal de Évora, que contou com a colaboração da GNR da Gafanha da Nazaré e Trafaria e do Posto Territorial e Núcleo de Investigação Criminal da Charneca da Caparica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG