Pandemia

Procuradora do Tribunal da Maia infetada com Covid-19

Procuradora do Tribunal da Maia infetada com Covid-19

Uma procuradora da República, a exercer funções no Tribunal da Maia, está infetada com o novo coronavirus. É o segundo caso de Covid-19 naquele tribunal que foi ontem encerrado.

Já no início da semana tinha sido confirmado um caso positivo do novo coronavírus a uma funcionária judicial que estava de baixa desde dia 16 de março.

Ontem, o juiz presidente da comarca do Porto, José Rodrigues da Cunha, decidiu encerrar o tribunal da Maia depois de ter sido detetadoo caso da funcionária judicial. Num comunicado, criticou a Delegação de Saúde da Maia.

A confirmação do primeiro caso de novo coronavírus gerou alarme social entre os funcionários e num comunicado enviado ontem às redações o presidente da comarca explicava que tinha sido "contactada a Delegação de Saúde da Maia para o número fornecido para o efeito, não tendo sido possível entrar em contacto com ninguém".

Já no início de noite desta quarta-feira, Rodrigues da Cunha informou que tinha acabado de ser informado de um segundo caso de covid-19 no Tribunal da Maia e que se tratava de uma procuradora da República.

"Está prevista para amanhã [quinta-feira] a desinfeção geral do edifício onde funcionam os Juízos do Núcleo da Maia, o que será feito por técnicos competentes, munidos de equipamento de proteção individual para a aplicação e manipulação segura do produto químico utilizado", precisa Rodrigues da Cunha.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG