Barcelos

Professora condenada por dez crimes de maus tratos a alunos

Professora condenada por dez crimes de maus tratos a alunos

Foi condenada a cinco anos de prisão com pena suspensa a professora acusada de dez crimes de maus tratos a menores, cometidos nas escolas primárias de Aldreu e Fragoso, em Barcelos, entre os anos de 2009 e 2016.

A docente, Olívia Magalhães, foi também condenada, esta tarde de segunda-feira, no Tribunal Judicial de Barcelos, a pagar indemnizações aos menores no valor total a rondar os 15 mil euros e está também proibida de exercer funções públicas por um período de três anos. A transitar em julgado esta decisão, Olívia Magalhães poderá ter terminado a carreira de docente.

Na leitura da sentença, o juiz deu como provados os dez crimes de que a professora vinha acusada, descrevendo com relativo pormenor todos os atos proferidos por Olívia Magalhães ao longo de sete anos.

A docente dava bofetadas nos menores, agredia-os na cabeça, puxava-lhes os cabeços e, em alguns episódios, terá baixado as calças aos alunos para lhes dar sapatadas nas nádegas. Tudo feito em contexto de sala de aula. Olívia Magalhães também insultava os menores, chamando-lhes aselhas, burros, lesmas ou atrasados mentais.

O juiz também deu como provado que a docente terá imposto um ambiente de medo dos alunos, proibindo-os de contar o que se passava dentro da sala de aula, dizendo que se os menores o fizessem, as consequências iriam ser piores para eles.

A defesa pondera recorrer da decisão.