Extorsão

Professora discreta chantageava maridos infiéis

Professora discreta chantageava maridos infiéis

Mulher exigia dinheiro para não denunciar casos de infidelidade e ameaçava filhos. Poderá haver dezenas de vítimas.

No trabalho era uma discreta e exemplar professora de uma escola secundária de Vila Real, casada e com filhos, mas, nas horas vagas, vestia a pele de "gangster" para chantagear maridos infiéis ou ameaçar outras vítimas de que iria matar-lhes os filhos caso não pagassem cinco mil euros. A mulher, de 39 anos, foi detida pela Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real por extorsão. Vai esta quarta-feira a tribunal.

Para já, a PJ tem quatro vítimas identificadas, mas admite que possam existir muitas mais, até porque, mal começou a saber-se da detenção da professora, uma outra vítima, até então desconhecida, foi procurar a ajuda da PJ.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa