Exclusivo

Promete falsos empregos e saca dados a vítimas para fazer compras em seu nome

Promete falsos empregos e saca dados a vítimas para fazer compras em seu nome

Burlona reincidente de Paredes é acusada de se fazer de patroa no Facebook. Com as identidades de terceiros, fez encomendas à Avon e Tupperware e contrato com a Vodafone.

Sandra Eugénia, que ficou conhecida por fingir um cancro para fazer peditórios no concelho de Paredes e que já foi condenada em oito processos de burla e falsificação de documento, volta a ser julgada em setembro, pelo Tribunal do Porto. Em causa estão novas burlas e falsidades informáticas em que usou identidades alheias para encomendar produtos da Avon, Tupperware e Oriflame, bem como celebrar um contrato com a Vodafone. A mulher obtinha dados pessoais das vítimas com falsas promessas de emprego.

Em 2009, quando tinha três filhos (hoje tem seis), Sandra Eugénia rapou o cabelo e convenceu a freguesia de Gandra (Paredes), onde ainda reside, de que sofria de um cancro no fémur. Foram postas caixas para donativos em cafés e organizou-se uma recolha de sangue para encontrar um dador de medula óssea compatível - iniciativa que mobilizou mais de 500 pessoas nos Bombeiros de Baltar. Seguiram-se peregrinações solidárias, até que o logro foi descoberto, gerando revolta e repúdio em Paredes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG