Viseu

PSP acaba com festa ilegal em estúdio de tatuagens

PSP acaba com festa ilegal em estúdio de tatuagens

Vinte e sete pessoas foram identificadas pela PSP de Viseu por estarem a participar numa festa ilegal, na noite de sábado para domingo, que decorria num estúdio de tatuagens, no centro histórico da cidade.

A polícia foi alertada às três da manhã por populares que se queixam do barulho.

"Fomos chamados a uma reclamação de ruído na zona de Sé. Viemos a constatar que num estabelecimento, que se encontrava fechado, ouvia-se barulho. Segundo o proprietário, era uma festa de aniversário", adiantou ao JN o intendente Rui Matos, segundo comandante da PSP de Viseu.

O estúdio de tatuagens nem sequer podia estar aberto. Lá dentro estavam "27 pessoas, sem qualquer tipo de máscara ou distanciamento".

"Estavam lá a passar música e notava-se a venda de bebidas alcoólicas", precisou o responsável.

Todas as pessoas que participavam na festa, inclusivamente o dono da loja e que se "encontrava a passar música", foram identificadas e serão multadas. As coimas variam entre os 100 e os 1000 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG