Administração Interna

PSP e GNR mataram 31 pessoas em 10 anos

PSP e GNR mataram 31 pessoas em 10 anos

Trinta e uma pessoas foram mortas em 10 anos por elementos da PSP e da GNR em consequência de operações policiais.

Dados da Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI), divulgados no relatório de atividades de 2016, indicam que 15 pessoas foram mortas por militares da GNR e 16 por elementos da PSP, entre 2006 e 2016, em resultado de operações policiais.

De acordo com a IGAI, em 2014 e 2015 não se registaram cidadãos mortos em resultado de intervenção direta de elementos das forças de segurança em consequência de operações policiais.

A IGAI indica ainda que 2006, 2008, 2009 e 2010 foram os anos em que mais cidadãos foram mortos por polícias, registando-se cinco vítimas mortais em cada um.

Em 2016, a PSP e a GNR mataram quatro pessoas em consequência da sua atividade policial.

PUB

O Ministério da Administração Interna anunciou que a IGAI abriu um inquérito para apurar em que circunstância ocorreu a morte de uma mulher durante uma perseguição policial em Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG