O Jogo ao Vivo

Operação "Nómada"

PSP apreende uma tonelada de haxixe

PSP apreende uma tonelada de haxixe

A PSP apreendeu, na quinta-feira, uma tonelada de haxixe no âmbito da Operação "Nómada". É a maior apreensão daquela droga efetuada por esta força de segurança na última década.

O produto daria para dois milhões de doses e está avaliado em três milhões de euros.

Na operação - que decorreu na A2, entre o Algarve e Lisboa - foram detidas seis pessoas com idades compreendidas entre os 22 e os 35 anos. Três ficaram, por decisão judicial, em prisão preventiva e os restantes em prisão domiciliária, adiantou este sábado, em conferência de imprensa, João Prisciliano, comandante da 2.ª esquadra de investigação criminal da PSP, em Lisboa.

O transporte da droga para Lisboa, em duas carrinhas, terá sido precedido de um transbordo, em Olhão, no Algarve. O haxixe será proveniente do Norte de África.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP precisa que, ao "perceberem que não iam furtar-se à ação policial", os suspeitos "arremessaram os 30 fardos de droga para a berma" da autoestrada.

Segundo Prisciliano, o grupo traficaria droga para todo o país, incluindo os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Atuariam a partir da Grande Lisboa, mas com grande mobilidade, arrendando casas e trocando de carros com regularidade, de modo a eludir as autoridades.

A investigação durava há três anos e, anteriormente, tinham sido já apreendidos 10 quilos de haxixe e 50 de heroína. Duas pessoas estão já a cumprir pena após serem condenadas pelo tribunal, acrescentou.

Na quinta-feira, foram ainda aprendidos 350 mil euros em notas, 250 mil em bens como relógios e três veículos de alta cilindrada.

O comandante acredita que, com esta operação, foi dado um "duro golpe" na organização em questão e no tráfico de droga na Grande Lisboa.

Outras Notícias