Distúrbios

PSP identificou 27 adeptos holandeses esta madrugada no Porto

PSP identificou 27 adeptos holandeses esta madrugada no Porto

Foram identificados vários adeptos holandeses por questões ligadas a distúrbios e danos na noite desta quarta-feira e na madrugada desta quinta-feira, no Porto. A PSP não fez qualquer detenção.

Segundo informações oficiais da PSP, entre a noite desta quarta-feira, quarta-feira, e esta madrugada, foram identificados 27 adeptos holandeses: 15 por distúrbios e desordem num bar na zona da baixa portuense, cinco por danos num café junto à rotunda da Boavista e sete por tentativa de participação em rixa na Praça de Parada Leitão.

Não foi efetuada qualquer detenção, nem havia registo de qualquer ferido.

Esta manhã, fonte do Comando Metropolitano da PSP do Porto já tinha revelado ao JN que foram registadas "situações anómalas" e alguns "distúrbios pontuais" protagonizados pelos adeptos holandeses, que provocaram "estragos materiais", não discriminados.

"Acompanhamento adequado"

A mesma fonte policial adiantou que está a ser feito um "acompanhamento adequado" dos adeptos, que na quarta-feira e hoje chegaram em grande número à cidade, onde Feyenoord e F. C. Porto se defrontam a partir das 20 horas. O JN já tinha noticiado que a PSP iria reforçar a segurança, contando com mais de 300 agentes e a ajuda de "spotters" da Holanda, face à chegada de cerca de três mil adeptos do país.

O reforço policial no Porto acontece duas semanas depois dos incidentes ocorridos na Baixa da cidade, que envolveram adeptos ingleses e belgas, do Wolverhampton e do Standard Liège, nos dias anteriores aos jogos que as equipas disputaram com o SC Braga e o Vitória Sport Club.