Vila Franca de Xira

PSP retirou bebé com sinais de negligência a mãe toxicodependente

PSP retirou bebé com sinais de negligência a mãe toxicodependente

Progenitora foi encontrada drogada numa pensão na Póvoa de Santa Iria, em Vila Franca de Xira. Bebé de três anos de idade estava sujo e a chorar. Ficou à guarda do pai. Mãe foi detida por suspeita de tráfico.

Na manhã do dia 13 de fevereiro, agentes da PSP Vila Franca de Xira depararam com um homem de 36 anos inconsciente no interior de uma viatura parada em plena via e em funcionamento. De imediato, os polícias procederam às manobras de reanimação e acionaram os meios de emergência médica.

Ao recuperar a consciência, o suspeito apresentou uma atitude "algo descompensada e indiciadora de que poderia encontrar-se sob o efeito do álcool ou de substâncias psicotrópicas", conta um comunicado da PSP, emitido esta segunda-feira. Na viatura foram detetados vários recipientes contendo produto estupefaciente, bem como algum material associado ao tráfico de estupefacientes.

A PSP desencadeou então várias diligências processuais e de busca quer à viatura, quer à pensão onde teria pernoitado. Nesse local, além de mais produto estupefaciente, os agentes encontraram uma mulher e uma criança de apenas três anos de idade, que se viria a apurar ser sua filha.

Criança "algo negligenciada"

A mulher encontrava-se "notoriamente sob o efeito de produto estupefaciente". A criança estava "algo negligenciada", chorando ininterruptamente e com as fraldas e roupa sujas. Segundo a PSP, foram "desencadeadas as adequadas medidas para salvaguarda da segurança da criança" que passaram pela chamada da Comissão de Proteção das Crianças e Jovens (CPCJ) que decidiu entregar a criança à guarda do pai.

A mãe e o outro suspeito foram detidos, tendo sido apreendidas no total 564 doses de ecstasy e 60 doses de cocaína. Os dois foram indiciados por tráfico de estupefacientes e ficaram sujeitos a Termo de Identidade e Residência.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG