Hóquei em patins

PSP teve de disparar para separar adeptos do Benfica e do Sporting

PSP teve de disparar para separar adeptos do Benfica e do Sporting

Adeptos do Benfica e do Sporting envolveram-se, no sábado, em confrontos no exterior do Pavilhão da Luz, após o segundo jogo das meias-finais do play-off de apuramento do campeão de hóquei em patins. A PSP teve de efetuar disparos para travar a violência entre dezenas de apoiantes dos dois clubes.

Os distúrbios começaram ainda o jogo decorria, alegadamente quando adeptos de um dos clubes tentaram entrar no pavilhão sem bilhete, envolvendo-se numa batalha campal com apoiantes do clube rival.

A PSP, que tinha no local um forte dispositivo, viu-se obrigada a efetuar diversos disparos de shotgun para o ar, tendo sido alvo do arremesso de pedras e garrafas, que feriram um agente e provocaram danos numa viatura policial.

PUB

A violência no exterior foi replicada durante o jogo, com alguns jogadores do Benfica e do Sporting a envolverem-se em agressões durante e no final da partida.

Ângelo Girão e Toni Pérez, do Sporting, e Pablo Álvarez, do Benfica, foram sancionados com cartão azul (suspensão durante dois minutos do jogo)., enquanto o sportinguista Henrique Magalhães foi expulso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG