Condenação

Raptor da filha era procurado há cinco anos por guiar sem carta

Raptor da filha era procurado há cinco anos por guiar sem carta

A GNR de Medas, Gondomar, deteve um homem, de 33 anos, para cumprimento de uma pena de quatro meses de prisão a que tinha sido condenado há cinco anos. Foi encontrado no decurso de uma investigação sobre um suposto rapto parental.

"A GNR foi alertada para o facto de o suspeito ter trazido a filha de um ano para Portugal sem autorização da mãe, detentora do poder paternal e a residir em França" explicou a GNR. Os militares viriam a descobrir o homem e a criança em casa de familiares.

A menor foi entregue à avó materna, "até à chegada da mãe", mas quando estavam a dar cumprimento às formalidades legais, constataram que o indivíduo era procurado desde 2014 para cumprir uma pena de quatro meses de prisão efetiva por conduzir sem carta.

Outras Notícias