Exclusivo

Reduzida sanção a adepto que queimou cachecol do Benfica

Reduzida sanção a adepto que queimou cachecol do Benfica

Pela quarta vez, Tribunal de Guimarães atenua sanções aplicadas pela Autoridade para a Prevenção da Violência.

O Tribunal de Guimarães reduziu a sanção acessória de inibição de acesso a recintos desportivos a um adepto do Vitória Sport Clube, de Guimarães, que tinha queimado um cachecol do Benfica durante um jogo do campeonato que opôs o clube vitoriano aos encarnados, a 4 de janeiro de 2020. Esta é a quarta vez que o tribunal reduz uma sanção aplicada pela Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto (APCVD).

Esta autoridade tinha aplicado uma multa de mil euros e um ano de interdição de acesso a recintos desportivos. Em causa, estava o facto de o adepto, que se encontrava no setor destinado à principal claque do Vitória, ter incendiado um cachecol do Benfica, "tendo segurado o mesmo durante alguns segundos e posteriormente arremessado para o chão", lê-se na decisão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG