Celorico de Basto

Reformado de 74 anos detido após atear incêndio por vingança

Reformado de 74 anos detido após atear incêndio por vingança

Um homem, de 74 anos, reformado, foi identificado e detido pela Polícia Judiciária (PJ) de Braga, por ter ateado um incêndio florestal, na segunda-feira, no concelho de Celorico de Basto. O suspeito terá atuado por vingança e retaliação.

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal de Braga da PJ informa que "o presumível autor de um incêndio florestal" foi detido com a colaboração da GNR, "fora de flagrante delito".

"O incêndio consumiu vegetação herbácea, mato e arvoredo, não tendo atingido maiores proporções devido à rápida intervenção dos Bombeiros", adianta a PJ.

O detido tem 74 anos, é reformado e reside na mesma freguesia de Celorico de Basto onde ateou o incêndio, "tendo recorrido a chama direta para a respetiva ignição". Segundo a PJ, "terá atuado num quadro de vingança e retaliação".

Foram recolhidos "elementos de prova que conduziram à detenção do indivíduo que, hoje [quarta-feira], será presente à autoridade judiciária competente para primeiro interrogatório de arguido detido e aplicação de medidas de coação tidas por adequadas", conclui o comunicado.

O suspeito foi intercetado na segunda-feira por um militar da GNR que se encontrava de férias.

Segundo a GNR, estava junto do incêndio e tinha na sua posse velas, sacos, uma serra de mão e um cutelo.

O caso passou para a PJ, que entretanto deteve o suspeito.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG