Exclusivo

Rui Rangel recebeu 61 mil euros para ser comentador no CM

Rui Rangel recebeu 61 mil euros para ser comentador no CM

Juiz negociou aulas em Angola por 300 euros à hora. Violava dever de exclusividade com atividades paralelas à vista de todos, mas não foi travado.

O juiz desembargador Rui Rangel informou o Conselho Superior da Magistratura (CSM) de que não tinha sido pago pela formação ministrada no Tribunal Constitucional de Angola, depois de andar a negociar honorários de cerca de 300 euros à hora, para um total de 120 horas.

A negociação foi feita com a Merap Consulting Lda., empresa do angolano Eliseu Bumba que tinha uma parceria com o Ministério da Justiça de Angola para dar formação na área do Direito, e também envolveu a juíza Fátima Galante, mulher de Rangel que, porém, acabou por não ministrar a formação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG