Premium

Salgado tentou usar Durão, Cavaco e Governo para pressionar Caixa e Banco de Portugal

Salgado tentou usar Durão, Cavaco e Governo para pressionar Caixa e Banco de Portugal

Banqueiro reuniu com todos para anular proibição do regulador e convencer a Caixa a meter 2,5 mil milhões na Rioforte.

Não foi uma, mas duas vezes, que o Governo de Passos Coelho deu negas a "cunhas" de Ricardo Salgado desde que o descalabro do BES e do Grupo Espírito Santo começou a desenhar-se, em meados de fevereiro de 2014, quando o Banco de Portugal proibiu a venda a clientes do BES de papel comercial da Rioforte ou de outras entidades da área não financeira do Grupo.

A acusação do Ministério Público (MP) descreve como, até ao fim de agosto e à resolução do banco, o homem que ficou conhecido com o "Dono Disto Tudo", bateu desesperadamente a todas as portas à procura de dinheiro ou de influência política para o obter, incluindo também às do presidente da República, Cavaco Silva, e de Durão Barroso, à época presidente da Comissão Europeia.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG