Exclusivo

Sara foi morta pelo ex-marido quando ia buscar roupa para o filho

Sara foi morta pelo ex-marido quando ia buscar roupa para o filho

Homem, de quem se tinha separado há cerca de um mês, terá disparado três tiros quase à queima-roupa, em São Domingos de Rana, Cascais. Ainda fugiu, mas acabou por ser encontrado morto.

Sara Barros, com cerca de 40 anos, tinha-se separado e saído de casa, em São Domingos de Rana, concelho de Cascais, há cerca de um mês. Na terça-feira à noite, decidiu ir buscar roupa para o filho adolescente ao seu apartamento, onde o antigo companheiro continuou a residir após o fim do relacionamento. Acabou por ser baleada mortalmente, quase à queima-roupa, pelo homem, com cerca de 50 anos. O suspeito, trabalhador da construção civil, ainda fugiu, mas, já esta quarta-feira, foi encontrado morto. Ter-se-á suicidado.

De acordo com informações recolhidas pelo JN no local, eram cerca da 21.30 horas de terça-feira quando se ouviram três tiros na pequena correnteza de prédios da Praceta Cidade de Chaves, no Zambujal, em São Domingos de Rana. Logo depois, um homem conhecido de todos fugiu do local a toda a velocidade, numa carrinha de caixa aberta com materiais de construção. As autoridades chegaram em seguida, alertadas por vizinhos do fugitivo, que acabara de disparar contra a ex-companheira à porta do apartamento. Pelo menos uma das balas acertou na cabeça.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG