Polícia Judiciária

Músico pedófilo volta a atacar e engravida criança de 13 anos

Músico pedófilo volta a atacar e engravida criança de 13 anos

Condenado duas vezes por abusos sexuais de menores, violação e rapto, o agressor aliciou nova vítima através do Facebook.

Um músico de 60 anos, que já cumpriu um total de 11 anos de cadeia por crimes de abuso sexual de crianças, violação e rapto, engravidou uma menor, de 13 anos, aliciada através do Facebook. O indivíduo foi detido pela Polícia Judiciária, em Lisboa, e já está em prisão preventiva.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, o indivíduo conheceu a vítima pouco antes de outubro passado. No Facebook, tinha um nome falso e garantia ter 40 anos, mas mantinha fotografia de apresentação verdadeira.

Das conversas na rede social, o homem passou a falar com a criança através do telemóvel, na aplicação WhatsApp. E assim conseguiu convencê-la a manter encontros reais. Por último, rapidamente passou a levá-la para a sua casa, situada na zona de Loures, onde aconteceram os abusos sexuais.

Já em dezembro, a menor percebeu que estava grávida e avisou o pedófilo. Mas o músico desapareceu. Apagou a sua conta de Facebook e trocou de telemóvel. Nunca mais contactou a menor, a quem dera um nome falso. Condicionada pela vergonha e medo, nunca disse à família que estava grávida. Até que, em maio, não conseguiu esconder mais. O tamanho do ventre já a denunciava.

PJ encontrou agressor

Os familiares levaram a rapariga para o hospital, onde foi confirmada a gravidez e chamada a PJ. Como a menor não se lembrava da morada do músico pedófilo, que conhecera com um nome falso, os inspetores precisaram de várias semanas para identificar e localizar o indivíduo.

Em 1993, o cadastrado tinha sido condenado, pela primeira vez, a cinco anos de prisão efetiva por crimes sexuais contra crianças. Cumpriu três anos e ficou em liberdade condicional.

Em 2002, voltou a ser condenado por um tribunal da Margem Sul do rio Tejo, a 8 anos de prisão por rapto, abuso e violação. As vítimas tinham todas entre 12 e 14 anos. Cumpriu cinco anos e saiu em liberdade condicional em 2009. Foi viver para o Reino Unido até meados de 2019.

Levava vítimas

Nos anteriores casos de abusos pelos quais foi condenado, o músico pedófilo levava as vítimas para a sua casa, onde as molestava. A casa do indivíduo foi alvo de buscas da PJ.

Bebé nasce no verão

Quando a vítima de 13 anos foi ao hospital, em maio, o prazo legal para a interrupção da gravidez já tinha sido ultrapassado. O bebé nasce este verão.

Outras Notícias