Exclusivo

Sindicato alerta para "sério risco" de esquadra fechar por falta de polícias

Sindicato alerta para "sério risco" de esquadra fechar por falta de polícias

O presidente do Sindicato Nacional da Polícia (Sinapol), Armando Ferreira, avisa que, pelo défice de agentes, a Esquadra de Vila do Porto, na Ilha de Santa Maria, nos Açores, corre "o sério risco de poder fechar".

Segundo declara o dirigente sindical ao JN, os serviços mínimos de patrulhamento só ali têm sido assegurados graças ao corte de folgas dos agentes. Mas estes estarão próximos do seu limite. "Vários agentes não aguentam muito mais", avisa. "Mais de metade dos elementos da esquadra já contactou o Sinapol a perguntar se o "burnout" é doença profissional e justifica a baixa médica".

Armando Ferreira defende, aliás, que "o burnout causado pelo corte de folgas está a atingir níveis inaceitáveis mesmo a nível nacional". "Em média, um polícia tem um período de folgas (quatro dias seguidos) cortado por mês", estima.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG