O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Superprocurador Rosário Teixeira fora da lista de promoções do MP

Superprocurador Rosário Teixeira fora da lista de promoções do MP

Rosário Teixeira e magistrados muito experientes podem ser ultrapassados por outros nomeados para comissões de serviço. Critério está a dar polémica.

A classificação provisória de magistrados que concorreram a 35 vagas de procurador-geral adjunto, a categoria mais alta da carreira do Ministério Público (MP), pode deixar de fora Rosário Teixeira. O magistrado da Operação Marquês, que é o ativo mais experiente do MP na investigação da criminalidade económico-financeira, ficou em 39.0º lugar, devido à introdução de um controverso critério no concurso que valoriza mais o trabalho fora da magistratura, em comissões de serviço, do que dentro.

Mal colocado ficou também, por exemplo, José Góis Nunes, que coordena o MP nos Juízos Centrais Criminais de Lisboa. A listagem coloca-o em 45.0º lugar, sendo certo que ainda pode ser alterada, porque terminou a 30 de março o período de reclamações e o júri do Conselho Superior do Ministério Público vai analisar este expediente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG