Premium

Supremo manda condenar mulher filmada a negociar assassínio do marido

Supremo manda condenar mulher filmada a negociar assassínio do marido

O Plenário do Supremo Tribunal de Justiça decidiu sexta-feira, em resposta a dois recursos, que Fernanda Salomé, a mulher filmada a encomendar a morte do marido, deveria ser condenada pelo crime de tentativa de homicídio.

A pena a aplicar à arguida e ao segurança a quem encomendara a morte do advogado portuense António Quintas tem agora de ser fixada pelos juízes do Supremo que os tinham absolvido, em setembro de 2018.

O caso começou em 2013, quando Fernanda Salomé, 43 anos, contactou o segurança Alfredo Damas para encontrar um assassino que lhe matasse o marido, um milionário de quem acabara de se separar. O objetivo seria ficar com a sua fortuna. Para isso, foram contactados "capangas", aos quais foi prometido o pagamento de 75 mil euros. Mas um deles, que nunca teve a intenção de pôr em prática o plano, filmou as negociações e denunciou o caso às autoridades.

Outras Notícias