O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Suspeita de corrupção em Gibraltar afasta diretor da Casais

Suspeita de corrupção em Gibraltar afasta diretor da Casais

Detido por ter alegadamente oferecido 20 mil euros de suborno em projeto de 2 milhões de libras.

O diretor-geral do Grupo Casais, de Braga, Hélder Mendes da Silva, que é suspeito de ter praticado o crime de tentativa de suborno em Gibraltar, suspendeu, ontem, as suas funções na construtora até que o caso seja esclarecido pela justiça do enclave inglês.

O gestor foi alvo de uma denúncia criminal relacionada com um projeto para o qual a Casais foi contratada - escreveu a Polícia local em comunicado, no qual salienta que, em abril de 2020, no decurso de discussões comerciais relativas a pagamentos de trabalhos de construção, foi oferecido "um suborno de 20 mil euros em dinheiro a uma intermediária para encorajar a aprovação de trabalhos num projeto de dois milhões de libras", refere a Polícia Real de Gibraltar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG