Polícia

Suspeito de abusos sexuais de menina em Espinho entrega-se às autoridades

Suspeito de abusos sexuais de menina em Espinho entrega-se às autoridades

Um homem de 66 anos, residente em Santa Maria da Feira, foi constituído arguido por suspeita de abuso sexual sobre a neta da ex-companheira, de 13 anos. O indivíduo entregou-se voluntariamente às autoridades e encontra-se sob custódia da Polícia Judiciária, ainda sem estar detido.

Os crimes terão acontecido em casa da ex-companheira, em Espinho, ao longo de dois anos. O suspeito terá aproveitado alguns dos períodos de confinamento provocados pela pandemia de covid-19 em que esteve a sós com a menina.

Os alegados abusos terão sido relatados recentemente pela menor a uma educadora que, por sua vez, deu conhecimento do sucedido aos familiares diretos da criança, um dos quais participou a denúncia às autoridades e confrontou o suspeito com a mesma.

PUB

Segundo informações recolhidas pelo JN, o homem terá tido medo de possíveis retaliações por parte da família, tendo decidido entregar-se esta quinta-feira no posto da GNR de Lourosa.

A GNR contactou a Judiciária, entidade que tem a competência exclusiva na investigação de crimes desta natureza.

O detido foi constituído arguido e deverá se rlevado perante um juiz do Tribunal da Feira para primeiro interrogatório e conhecer as respetivas medidas de coação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG