Cabeceiras de Basto

Suspeito de violência doméstica tinha arsenal em casa

Suspeito de violência doméstica tinha arsenal em casa

A GNR, através do posto de Cabeceiras de Basto, constituiu arguido um homem de 59 anos por posse de arma proibida e apreendeu diversas armas no âmbito de um processo de violência doméstica.

Os militares estavam a investigar crimes de violência doméstica e apuraram que um homem de 37 anos, filho do arguido, "ameaçava, injuriava e coagia a vítima, sua companheira, de 36 anos", informou a GNR.

Na execução do mandado de busca domiciliária, na casa de pai e filho, foram apreendidas diversas armas, nomeadamente uma pistola transformada de calibre 6,35 mm, sete caçadeiras de calibre 12, uma arma de ar comprimido e diversas munições de diferentes calibres.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Guimarães.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG