Exclusivo

Tentaram comprar árbitros para tirar pontos ao F. C. Porto

Tentaram comprar árbitros para tirar pontos ao F. C. Porto

Empresário e funcionário do Sporting foram acusados de tentar subornar futebolistas e árbitros de andebol.

O objetivo era comprar árbitros para prejudicar o F. C. Porto na classificação do campeonato de andebol e assim levar o Sporting a vencer o título. Também quiseram corromper cinco jogadores de futebol, para que estes favorecessem a equipa leonina, durante jogos do campeonato entre 2016/17 e ainda para a Taça de Portugal. Estas são as acusações que o Ministério Público (MP) fez ao arrependido "Paulo Silva", que, espontaneamente, denunciou o caso Cashball , ao empresário de desporto João Mira Gonçalves e ainda a Gonçalo Rodrigues, ex-assistente administrativo principal do Gabinete de Apoio ao Jogador da Sporting SAD.

De acordo com a acusação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) Porto, o primeiro jogo em que os arguidos quiseram comprar árbitros foi o da primeira fase do campeonato de andebol entre a AM Madeira e o F. C. Porto, de 1 de março de 2017.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG