Felgueiras e Lousada

Tentou raptar duas mulheres na mesma manhã

Tentou raptar duas mulheres na mesma manhã

Um homem de 29 anos foi acusado pelo Ministério Público de três crimes de rapto agravado e de dois crimes de importunação sexual. Os factos ocorreram em Felgueiras e Lousada.

O primeiro crime remonta a 1 de janeiro de 2017, em Mancelos. Segundo uma nota da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, pelas 8 horas, o homem abordou uma mulher que seguia na rua, agarrou-a e, à força, meteu-a na bagageira do seu automóvel e fechou-a. De seguida, viajou durante 15 minutos, até um local ermo.

Parou o carro e "abriu a bagageira, apresentando-se à mulher sem calças e pedindo-lhe que com ele mantivesse trato sexual ao mesmo tempo que manipulava os próprios genitais". A mulher recusou e ele deixou-a no local e foi embora.

Os restantes crimes ocorreram a 28 de dezembro de 2018. Pelas 7.45 horas, no parque de estacionamento da estação de Caíde de Rei, Lousada, agarrou uma mulher e tentou arrastá-la e metê-la à força na bagageira do seu carro. Ela resistiu e gritou, chamando a atenção de outras pessoas, levando a que o suspeito fugisse do local.

Quase de seguida, na Avenida de São Pedro, ao ver outra mulher na rua, baixou as calças e começou a manipular os seus genitais de modo a que fosse visto por ela.

Pouco depois, cerca das 8.30 horas, em Mancelos, abordou uma outra mulher que caminhava na estrada, agarrou-a e meteu-a à força na bagageira do seu carro. Porém esta conseguiu atravessar um braço e uma perna impedindo que ele fechasse a mala. Debateu-se e conseguiu sair e atirar-se para o chão, tendo o suspeito fugido para casa em Travanca, Amarante.

O homem, emigrante na Suíça, acabaria por ser detido nessa mesma manhã pela GNR e depois entregue à Polícia Judiciária.

PUB

No dia 17 de fevereiro, o Ministério Público no DIAP da Procuradoria da República do Porto acusou-o de três crimes de rapto agravado, um dos quais na forma tentada, e de dois crimes de importunação sexual.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG