Premium

Traficante preso deixou mulher e filhas na miséria

Traficante preso deixou mulher e filhas na miséria

Um traficante de droga obrigou a mulher a vender todos os seus bens para que pudesse levar-lhe dinheiro à cadeia onde cumpria pena. Detido agora por violência doméstica, ficou proibido de contactar a vítima.

O indivíduo, de 44 anos, de Felgueiras, aproveitava as saídas precárias para perseguir a ex-companheira. E logo que saiu em liberdade condicional, em 2014, foi ameaçá-la de morte. Teve de regressar à prisão para cumprir o resto da pena.

O casal juntou-se há mais de duas décadas, mas a relação foi sempre marcada pela violência. A mulher, hoje com 42 anos, chegou a ser agredida quando estava grávida da primeira filha e nem quando o marido foi preso, em 1999, obteve sossego. Mesmo atrás das grades, o traficante obrigou a esposa a vender tudo o que tinha, a fim de lhe dar o dinheiro que necessitava para manter os vícios na prisão. Sem forma de se sustentar, a vítima teve de ir viver com as duas filhas para casa da mãe.

Outras Notícias