Exclusivo

Transferências suspeitas bloqueadas pela PJ triplicam este ano

Transferências suspeitas bloqueadas pela PJ triplicam este ano

Três vezes mais dinheiro bloqueado só nos primeiros quatro meses do ano do que em todo 2019. Detetados sinais de branqueamento.

Nos primeiros quatro meses deste ano, a Polícia Judiciária (PJ) mandou suspender 243 milhões de euros em transferências bancárias suspeitas de terem crimes na origem. O montante é três vezes superior ao total do ano passado, em que a Unidade de Informação Financeira (UIF) da PJ detetou movimentações financeiras relacionadas com branqueamento de capital ou financiamento de terrorismo no valor de 73,3 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG