Terror no Minho

Tribunal de Braga atacado no mesmo dia em que vários carros foram vandalizados

Tribunal de Braga atacado no mesmo dia em que vários carros foram vandalizados

O edifício do tribunal de Braga foi vandalizado este sábado à noite. Duas lojas foram também atacadas por desconhecidos, presumivelmente os mesmos que vandalizaram seis automóveis e uma superfície comercial durante a madrugada.

Cerca das 21 horas deste sábado, nove vidros foram vandalizados no edifício do Tribunal de Braga. Alguém atirou um calhau de grandes dimensões contra as duas portas de entrada. O paralelo ficou no hall de entrada, onde uma equipa de investigação da PSP recolheu indícios e fotografou.

Os atacantes fizeram, de seguida, o mesmo a oito vidros de portas e janelas da segunda entrada, a que é usada por funcionários judiciais e pela própria polícia.

PUB

Perto do Tribunal, o mesmo sucedeu ao vidro da loja da imobiliária ERA e à funerária Santo Adrião, sita algumas centenas de metros acima, no Largo do Espadanido. Neste caso, o dono estava nas instalações, no escritório, tendo sido um vizinho a alertá-lo.

Este foi a segunda sessão de vandalismo registada em Braga este sábado. De madrugada, foi atacado o estacionamento da superfície comercial Decathlon, que afetou oito automóveis. Um dos carros ardeu completamente.

Eram 5 horas da madrugada quando uma equipa dos Bombeiros Sapadores regressava do combate a um incêndio numa fábrica em Ferreiros e viu um carro a arder no estacionamento na Avenida Dom Eurico Dias Nogueira, perto do novo estádio municipal.

Combateu as chamas e contactou a PSP e a Polícia Judiciária que ali recolheu vestígios. Os veículos ficaram com vidros e retrovisores partidos e portas estroncadas. Quatro deles veículos pertencem à empresa de aluguer Guerin, sendo os restantes de moradores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG